COACHING VALE A PENA…?

Coaching vale a pena?
Hoje se fala muito em Coaching. Coaching disso, Coaching daquilo, Coaching daquilo outro, e assim vai. Mas as perguntas que não querem calar são: Coaching realmente funciona? Todo mundo agora é Coach? A minha experiência com Coaching se iniciou em 2003 em um curso de PNL (Programação Neurolinguística), onde ouvi tal nome. Na época o instrutor falava de Coaching e PNL, mas ele nunca se posicionava sobre coaching, só falava de PNL, não sei se por falta de experiência com coaching ou se ele não sabia sobre o assunto, só achava o nome bonito.

Em 2008, sem uma formação em coaching, peguei meu primeiro projeto de coaching empresarial, e foi um sucesso, eu havia estudado alguns livros e visto alguns vídeos, mas eu já era Trainer em PNL, o que contribuiu muito para tal sucesso. Minha primeira Formação em Coaching aconteceu em 2009, me lembro bem, que saí da formação mais perdido do que quando entrei. Eram muitas informações que impactavam e faziam as pessoas se mexerem de alguma forma. Continuei minhas formações em Coaching, fiz no total sete formações, buscando conhecer o mercado no geral, e pude perceber o que era bom e o que era somente um produto usando uma boa estratégia de marketing.

De 2009 até aqui, foram muitos atendimentos bem-sucedidos em coaching pessoais, executivos e de grupos, e também alguns casos frustrados que me entristeceram, mas me proporcionaram grandes aprendizados. Em 2010 comecei a ministrar as formações em liderança coaching, que denominei Geração Líder Coach, onde líderes formam lideres, e as turmas, que foram várias, me trouxeram mais aprendizados e muitos entendimentos sobre o que o Coaching pode fazer pelas pessoas. Em 2013 iniciei uma nova fase ministrando formações completas em Coaching, o que me proporcionou inúmeras descobertas e aprendizados incríveis, neste fabuloso mundo do COACHING.

Nos dias de hoje existem várias escolas que formam coaches, o que é bom e também ruim, pois como a demanda aumentou, algumas escolas diminuíram a sua carga horária de formação, o que ao meu ver acaba comprometendo toda a formação, levando pessoas ao mercado despreparadas e assim contribuem com serviços prestados de baixa qualidade e executam um serviço que na grande maioria das vezes são ineficazes, o que causa um impacto negativo ao mercado. Há formações completas de coaching online, o que pode também contribuir com a ineficácia do mercado. Não tenho nada contra o aprendizado online, eu particularmente aprendo muito, é que já tenho uma certa bagagem, agora começar do zero em uma formação, AINDA me pergunto se vale a pena, quando o produto a ser trabalhado é um ser humano cheio de complexidades.

Coaching nos dias de hoje, vale a pena?

Ao meu ver, Coaching pode contribuir muito com as pessoas, sejam para se posicionarem em suas carreiras ou em suas próprias vidas. A norte americana, Arline Davis, criou uma frase que acredito ser maravilhosa: “O COACHING não te transforma, simplesmente te revela”. Sim acredito muito nisso, pois as respostas já existem dentro de nós, seres humanos, o que acontece é que por vários motivos, não conseguimos acessar essas respostas que precisamos, é onde um Coach profissional pode contribuir, e muito, com o desenvolvimento de outras pessoas.

Sendo assim Coaching vale muito a pena, quando uma pessoa está disposta a passar pelo processo, pois vai mexer com toda a estrutura dela, para que ela possa alcançar o tão almejado objetivo. Outro fator que tem me chamado a atenção, é que agora todo mundo é Coach, como é uma palavra que causa um certo impacto mercadologicamente falando, algumas pessoas acharam por bem incluir a nomenclatura a sua profissão, e viraram Coaches sem ao menos saberem do que se trata o Coaching.

Para concluir, deixo claro que o Coaching pode turbinar uma pessoa a alcançar seus objetivos em um espaço de tempo menor, e com isso os resultados virão mais rápidos, proporcionando uma alegria enorme para a pessoa. Entretanto as pessoas que vão passar pelo processo de coaching devem estar cientes que vão trabalhar muito, que não existe mágica, que ela deve estar totalmente comprometida com o projeto e que as vezes vai doer. Sim, as vezes vai doer, pois a pessoa vai se desenvolver, vai ter que alterar e potencializar alguns padrões, ou seja, vai ter que sair da posição de conforto, e isso, para uma grande maioria das pessoas, dói.

Se você quiser saber algumas respostas e alcançar resultados mais rápidos, procure um Profissional Coach mais próximo de você e faça um projeto completo. Um grande Abraço do seu amigo, Willian Magalhães. Uhuuu, show! Estamos sempre juntos.

Compartilhe:
FacebookTwitterGoogle+PinterestWhatsAppCompartilhar

Comentários no Facebook